sábado, 5 de janeiro de 2019

Executivo da Nissan: 'tarefas especiais' relacionadas à prisão de Carlos Ghosn



O diretor de desempenho da Nissan, José Muñoz, que supervisionou as estratégias globais da montadora japonesa, está tirando uma licença para trabalhar em "tarefas especiais decorrentes de eventos recentes", disse a empresa no sábado, referindo-se à prisão do ex-presidente Carlos Ghosn.

O porta-voz da Nissan Motor Co., Nicholas Maxfield, não ofereceu nenhum outro detalhe. Munoz está entre os vários executivos que a mídia especula que poderia ser um possível sucessor de Ghosn.