quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Japão acha que smartphones estão destruindo a visão dos estudantes



A visão dos estudantes japoneses está se deteriorando e o governo do país acha que os smartphones são os culpados. Uma pesquisa recente conduzida pelo Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão descobriu que o número de alunos com visão abaixo da pontuação padrão de 1.0 (equivalente à visão 20/20) está em um recorde de 25,3%. Pior ainda, pouco mais de 67% dos alunos do ensino médio e mais de 34% dos alunos do ensino fundamental não cumpriram o padrão.

O governo está atribuindo a tendência de "aumentar o tempo gasto olhando para as telas dos smartphones e para os jogos móveis".

Os jogos de smartphones são muitos no Japão: o país é o terceiro maior mercado de jogos do mundo, de acordo com o pesquisador de mercado Newzoo, e uma grande fatia desses jogadores joga jogos para celular (41% dos homens e 32% das mulheres). Ainda assim, é importante notar que um aumento no tempo de tela não provou estragar sua visão - embora especialistas alertem que longos períodos de exposição à luz azul emitida por smartphones podem causar cansaço visual ou fadiga.

O Japão não é o único país que fala duro. No início deste ano, a China (o maior mercado de jogos do mundo) ameaçou tomar medidas reais para proteger a visão das crianças, inclusive regulando o número de jogos online e novos lançamentos, e limitando o tempo de jogo.

O anúncio citou dados da Organização Mundial da Saúde sugerindo que o país tem a maior taxa de miopia da infância no mundo.