quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Nissan nega relatório de fornecimento de células de bateria LEAF e + pela LG Chem

A Nissan produz as suas próprias baterias de iões de lítio para os packs de 40 kWh e 62 kWh

Os relatórios e rumores sobre a LG Chem como fornecedor de baterias para o novo Nissan LEAF e + de 62 kWh foram negados pela Nissan.

De acordo com a Electric Revs, que procurou a fabricante japonesa, a LG não tem nada a ver com qualquer bateria para qualquer LEAF. Células, módulos e pacotes são produzidos pela Nissan em Smyrna, Tennessee. Isso é contrário às fortes expectativas de que a “nova versão de 60 kWh” teria, com certeza, as células LG Chem, o que muitos esperavam / especularam.Aqui está a informação mais importante do porta-voz da Nissan, Jeff Wandell:

“A LG não fornece células para nossas baterias, tanto nos EUA quanto globalmente, para a bateria de 40 ou 62 kWh”

“A LG não é fornecedora de baterias ou células do Nissan LEAF. A Nissan fabrica as baterias para o [US] Nissan LEAF em nossa fábrica de baterias em Smyrna, Tennessee ”

O braço de baterias da Nissan é a Automotive Energy Supply Corporation (AESC), que - de acordo com as últimas notícias - ainda permanece nas mãos da Nissan, já que não havia compradores:

“A fábrica de baterias em Smyrna é operada por uma subsidiária da Nissan chamada Automotive Energy Supply Corporation ou AESC. A Nissan fez esforços para vender a AESC nos últimos dois anos, mas Wandell disse que a AESC ainda é de propriedade da Nissan atualmente, já que nenhuma venda foi concluída. 

”Nós pensamos que a AESC foi vendida para o Envision Group, já que o acordo com a GSR Capital foi cancelado, mas talvez não fosse esse o caso. Infelizmente, a falta de um anúncio oficial foi a verdadeira raiz de toda a especulação.