sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Tokyo authorities extend Ghosn's detention by 10 days



Tokyo authorities have extended for another 10 days the detention of ousted Nissan Motor Co. chairman Carlos Ghosn, who is being held in Tokyo's main detention centre after allegations against him of financial misconduct, Japanese media said.
Ghosn has been held since Nov. 19 and Japanese authorities will now have to file charges by Dec. 10 or let him go.


Autoridades de Tokyo estenderam por mais 10 dias o tempo de detenção de Carlos Ghos, o chairman destituído da Nissan Motor Co, que está detido no Tokyo Main DetentionCentre, por suposta sub-notificação de sua renda.

Ghosn está preso desde o dia 19 de novembro, e agora as autoridades japonesas vão ter de registrar as acusações até 10 de dezembro. Caso as acusações não sejam registradas, Ghosn terá de ser solto.