segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Carro autonomo da BMW vai monitorar o motorista

A BMW usará a tecnologia de reconhecimento facial para ajudar a tirar o fardo do tráfego de parada e partida.

O sistema de direção semi-autônomo, que estreia este ano no crossover X5 redesenhado, permite a condução sem as mãos e sem pedais em estradas de acesso limitado e a velocidades inferiores a 37 mph.

Pela primeira vez, a BMW está usando uma câmera óptica na cabine para enfrentar um desafio crítico com sistemas de direção semi-autônomos - garantindo que os motoristas prestem atenção na estrada.

Os sistemas de nível 2 exigem que o motorista assuma o controle do veículo, se necessário.

A quarta geração do X5 tem uma câmera montada no painel de instrumentos que verifica se os olhos do motorista estão abertos e voltados para a estrada. A câmera não registra atividade na cabine, enfatizou BMW.

É uma abordagem que a Cadillac adotou com seu sistema de direção semi-autônoma Super Cruise. É menos intrusivo do que os sensores de posição no volante que algumas montadoras usam para monitorar o estado de alerta do motorista.

A abordagem baseada em câmera fornece um feedback direto sobre se a atenção do motorista está na estrada, disse Sam Abuelsamid, analista sênior da Navigant Research.