sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Nissan Frontier produzida na Argentina

Nissan Frontier - ArgentinaQuase três meses depois do início da produção, a Nissan Frontier feita na Argentina começa a ser vendida para nossos vizinhos. A picape média é fabricada em Córdoba, no mesmo complexo onde serão feitas suas primas, Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X. No Brasil, o lançamento é esperado até o final do ano, ainda sem uma data divulgada pela empresa.
Na Argentina, a Nissan Frontier será vendida inicialmente nas versões XE e LE com motor 2.3 biturbo diesel de 190 cv e 45,8 kgfm de torque, que pode trabalhar com o câmbio manual de 6 marchas ou automático de 7 posições, e nas opções 4x2 e 4x4. O comunicado de imprensa no site da marca diz que, em 2019, ainda contará com as versões SE e S.
A imprensa argentina ainda revela algumas informações interessantes que podem chegar ao Brasil. A Nissan Frontier S será o modelo de entrada, para trabalho e frotas, e terá uma motorização diferente, composta pelo 2.3 diesel, mas com apenas uma turbina, gerando 160 cv e 41 kgfm. Além disso, a versão LE agora tem câmera para visão 360°, mesmo sistema utilizado pelo Kicks, e teto solar.
A má notícia para os argentinos é que a Nissan Frontier ficou, em média, 150 mil pesos mais cara (aproximadamente R$ 15,2 mil). Esta diferença pode ser explicada com a desvalorização do peso argentino e a disparada do dólar no país vizinho nos últimos meses. Se isso afetar o custo de produção, é possível que o reajuste afete a picape no Brasil.