quarta-feira, 11 de julho de 2018

Trabalhadores da Fiat na Italia marcam greve por conta da transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus



Descontentes com a transferência de Cristiano Ronaldo por 105 milhões de Euros, trabalhadores da Fiat na planta de Melfi na Itália marcaram greve para os 15 a 17 de julho próximo.

A comissão de transferência de Cristianoo Ronaldo, segundo relatórios divulgados, será paga pela Exor, empresa que é dona tanto da Fiat quanto Ferrari. A reclamação dos trabalhadores envolve a questão de que por anos trabalhadores da Fiat enfrentaram reduções de custo, e o sindicato local apregoa que a empresa deveria preferir investir na Fiat, como forma de garantir crescimento e geração de renda para os próximos anos.