quinta-feira, 5 de julho de 2018

Como andam as vendas do Nissan Kicks pelo mundo?

Nissan Kicks


Já com 2 anos de Brasil, no primeiro semestre de 2018 o Kicks conseguiu ficar em 14o. lugar (21.837 unidades), logo atrás do Honda HR-V (23.149) , mas bem pouco a frente do Renegade (21.430 unidades). É uma posição boa, de respeito, mas talvez um pouco aquém do que se poderia esperar, na minha opinião, considerando o imenso esforço de marketing, a tecnologia oferecida.

Depois de muita confusão na venda da versão PcD (para pessoas com deficiência), a Nissan até suspendeu a venda na modalidade, já que a fila de espera estava ultrapassando 120 dias, com clientes começando a esboçar até processos judiciais face a demora.

As vendas do Nissan Kicks neste último mês de jun/18 caíram sensivelmente, jogando o Kicks para 19a. posição entre os mais vendidos. É difícil saber o que aconteceu, mas é provável que a Nissan esteja enfrentando problemas na produção, impactado ainda mais pela greve dos caminhoneiros em maio passado.

Na China, o Kicks surgiu avassalador, apontando crescimento forte nos primeiros meses depois de lançado.


Nissan
Kicks
2017
Nissan
Kicks
2018
January 4.728
February 2.603
March 4.495
April 2.822
May 2.380
June
July 4.531
August 2.005
September 8.805
October 10.392
November 10.959
December 7.450
Mas algo aconteceu que as vendas apresentam curva claramente descendente em 2018. E as vendas do Kicks por lá ficam extremamente distantes do que acontece com o Nissan Sylphy, que continua vendendo mais de 35.000 unidades por mês.

Porém, mais estranho ainda foi o que aconteceu com o Kicks em seu primeiro mês de vendas nos USA, que vendeu meras 563 unidades no primeiro mês. O Sentra, por lá, vendeu mais de 20.000 unidades no mesmo período, apenas para dar uma noção do tamanho do mercado potencial.

No Canada, onde também em jun/18 o Kicks fez seu primeiro mês de vendas, foram comercializadas 609 unidades, o que talvez neste caso não seja tão ruim, já que por lá o Sentra conseguiu vender 1.636 unidades no mesmo período.

Tanto para USA e Canadá devemos dar um desconto por ser o primeiro mês de vendas, e é previdente esperar um pouco mais para tentar entender o que está acontecendo. Mas certamente, as coisas não parecem estar bem para o Kicks neste mês de junho passado.

O Nissan Kicks é aguardado com certa expectativa na Índia, onde deve fazer um bom papel, assim como no Brasil. O que talvez signifique que o discurso da Nissan está correto, trata-se de um SUV para mercados emergentes, talvez ainda distante do perfil do consumidor norte-americano, que prefere carros maiores, num mercado repleto de opções pra lá de interessantes. Não esquecendo que a Nissan, com o Rogue Sport, pode estar fazendo concorrência a si mesma.