terça-feira, 7 de agosto de 2018

Porque o controle de estabilidade é importante

Os crossovers são o que há nos dias de hoje, e não há como refutar isso. No entanto, há uma precaução sobre os cruzamentos que precisam ser abordados pelos fabricantes - seu alto centro de gravidade.

A maior altura livre do solo e o topo pesado têm suas vantagens, como mais tipos de estradas para enfrentar e capacidades de passar por água durante as enchentes. Mas também tem suas desvantagens. Com alto centro de gravidade, o manuseio é bastante comprometido, o que também pode significar um carro inseguro para uso em estradas sinuosas ou durante uma ação evasiva.

Ainda bem que os sistemas eletrônicos de segurança, como o Programa Eletrônico de Estabilidade, estão lá para servir como um cobertor extra de segurança para os proprietários de carros modernos. Quão importante é ESP em carros? Este vídeo de teste de manuseio da publicação automotiva mexicana Autologia é uma prova, em um dos crossovers mais comentados atualmente - o Nissan Kicks.

Aparentemente, o ESP vem como uma opção nos Kicks vendidos no México. Para mostrar sua importância, no entanto, Autologia fez um "teste de alces" sobre ele. Se você ainda não ouviu falar desse teste de segurança com um alerta cômico, é um curso temido em que o carro simulará evitando um obstáculo repentino, como um alce cruzado, e depois voltará ao rumo certo. Há muitos carros que falharam neste teste, incluindo o Toyota Hilux 2016. Ir para a marca das 9:00 do vídeo para ver o teste de alces dos chutes sem ESP. O crossover quase caiu e caiu com uma velocidade de 40 quilômetros por hora. Foi desafiador da morte, e você pode realmente ver o estresse no rosto do piloto de teste.

Um teste semelhante foi feito para o Kicks com ESP, e foi ótimo. Felizmente, os Kicks os chegam com ESP em todos os níveis de acabamento. Nós todos sabemos que o Juke é obrigado a deixar o mercado dos EUA para abrir caminho para os Kicks mais convencionais.