terça-feira, 29 de maio de 2018

Dá para rodar com o carro com álcool de farmácia?


Bizarrices na Internet aparecem com a falta de combustível. Algumas até podem ser cogitadas para carburados ou flex



Com a greve dos caminhoneiros impossibilitando a distribuição de combustível nas cidades, temos visto vários relatos de pessoas que passaram a utilizar o álcool vendido em farmácias e supermercados.

Todo álcool apresenta sua graduação alcoólica expresso geralmente na escala Gay-Lussac. Basicamente é uma medida da concentração de álcool na mistura. Em teoria, pelo menos, um carro flex deve funcionar com esse tipo de álcool desde que usada uma graduação acima de 70%.

Tal medida, no entanto, deve ser usada de forma totalmente emergencial, não use o método regularmente, sob risco de danos ao motor do carro.